contato localização facebook instagram youtube

SOBRE O HARAS BRAIDO

Home » Sobre
História Haras Braido

Foi em 1980, a procura de uma propriedade rural no interior do estado de São Paulo, sempre ao lado do meu querido pai Nelson Braido, que conhecemos e nos apaixonamos pela fazenda Santo Antônio do Rio Novo, em Cerqueira Cesar - posteriormente Fazenda e Haras Braido, onde as atividades na época eram criação de gado Holandês vermelho e branco e gado Nelore, sendo o principal perfil da fazenda a lida com o gado, percorrendo grandes distâncias entre os retiros.

Minha paixão sempre foi andar a cavalo. Passei por várias raças e modismos e nenhuma raça me agradava, nem mesmo aos funcionários da fazenda. Alguns animais tinham problemas de índole; outros bons de serviço, porém não confortáveis (ásperos); outros sem vontade de andar e fracos de estrutura e, o pior, uma morfologia não muito nobre. Foi procurando um cavalo funcional para a fazenda que descobri o Mangalarga - um cavalo com nobreza, ótima estrutura, de passadas longas e progressivas, muito macio e, o principal de um cavalo de sela, de boa índole.

Assim comprei meu primeiro Mangalarga em 1986, era o Brasão do Quatro T - filho de Bale do Arco com Espada. Com ele, passamos a cobrir nossas éguas comuns da fazenda produzindo 1/2 sangue Mangalarga. Precisamente em um leilão oficial da raça na Água Funda (SP), em 1988, com grande incentivo da minha futura esposa Claudia, compramos juntos nossa primeira égua Mangalarga: a Menina de Ouro Preto - uma filha de Quebranto da Nata com Colina de Ouro Preto, com potro ao pé.

História Haras Braido

Nos associamos a ABCCRM - Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga, em 1989, e começamos a nos envolver na criação e seleção da raça e a participar de exposições. Recordo minha primeira exposição em Barra Bonita, no interior de São Paulo. Sem experiência nenhuma, levei dois potros da mesma idade e categoria e só tinha um apresentador, não conhecia o meio e lá fui eu apresentar o outro potro. O juiz era o Dr. Eduardo Benedito Marchi e a conclusão: fomos com os dois produtos para a cerca, nem foram classificados. A partir dessa data começamos a comprar produtos de maior qualidade com orientação técnica, principalmente, do Dr. Marchi.

Nossa primeira compra e alegria foi a Tocha KN - uma linda filha do Desfile JOP com Dalila M.O., inúmeras vezes campeã. Mas, a grande virada em nossa criação foi em 1993 com a chegada de Quilate de Floreal - filho de Turbante J.O. e Dracena de Floreal, vindo de Curitiba (PR), cujo proprietário era o Sr. Ottorino Marini, grande amigo de meu pai. Quilate era um reprodutor de muita qualidade passando para seus filhos muita estrutura e andamento, e com certeza, sua principal filha, a Garota do Suelotto, adquirida em agosto de 1995, é nossa barriga de ouro. Produziu: Eterna, Fator, Geração, Jornada, Lorena, Patagônia, Romano, Tarantela, Viagem e Trovador.

História Haras Braido

Em 1999, Fator da Braido l (T.E.), filho de Huno do Gerezin - do meu grande amigo e incentivador Luis Carlos Codogno (Magnão) - com a Garota do Suelotto, se tornou Grande Campeão Nacional Potro, nossa primeira grande alegria.

Em 2000, Épico da Braido, outro filho de Huno do Gerezin com Paçoca G.A, se tornou Campeão Nacional Cavalo de Andamento; Reservado Grande Campeão Nacional Cavalo de Andamento – 2001; e Reservado Grande Campeão Brasileiro Cavalo de Andamento - 2003.

Adquirimos nesses anos algumas barrigas para o nosso reprodutor Fator da Braido l (T.E.). O cruzamento mais premiado foi com a reprodutora Finlândia da Janga (T.E.), produzindo Patriota da Janga (T.E.): Grande Campeão Brasileiro Potro – 2001, em Porto Alegre (RS); Campeão Nacional Potro – 2003, em São Paulo (SP); Campeão Brasileiro Cavalo Sênior – 2008, em Salvador (BA). Também adquirimos algumas éguas de renome como: DL Rainha da Alvorada e Revista DL em 2000; Valência OJC, Elite GMF e Cafelândia OJC em 2002, no leilão de liquidação O.J.C.

Mas foi em janeiro de 2002 a segunda grande virada em nossa seleção, com a chegada de um casal de potros do Haras da Janga, aos dois meses de idade e ao pé da receptora: QUÍMICA da Janga (T.E.) - uma filha de Fator, e QUÂNTICO da Janga (T.E.) - um filho de Fantástico da Janga (T.E.) com Birmânia do Cedro Alto, escolhidos da geração 2002 do Haras, sempre auxiliado pelo técnico e amigo João Quadros. Em 2006, compramos Milla JMV - uma filha do Ouro FSI. Em 2007, Romana ACF - uma filha de Critério, Reservada Grande Campeã Nacional de Andamento Égua.

Haras Braido

Outro destaque para a nossa seleção foi Magia da Braido I - uma filha de Fator da Braido I com Madrugada J.O.P., que se tornou Campeã Brasileira de Andamento Égua – 2006 na nacional de 2007 e, em Londrina, se tornou II Reservada Grande Campeã Nacional de Andamento Égua.

Em 2006, QUÂNTICO DA JANGA (T.E.), se tornou Grande Campeão Brasileiro Cavalo em Belo Horizonte (MG); e Reservado Grande Campeão Nacional Cavalo em Jaú (SP). Em 2007, uma conquista sonhada por todo criador: Quântico da Janga (T.E.) sagrou-se GRANDE CAMPEÃO NACIONAL CAVALO e GRANDE CAMPEÃO NACIONAL CAVALO DE ANDAMENTO, em Londrina – PR. Nosso maior sonho se tornou realidade, com muito carinho, suor e dedicação de toda equipe do Haras comandada pelo Cristiano, e sempre ao lado da minha família, dos meus filhos Nelson Jr. e Maria Carolina e da minha esposa Claudia. Os produtos de Quântico da Janga (T.E.), tem nos surpreendido tanto pela excelência em morfologia como pela dinâmica dos animais, fazendo-nos acreditar que Quântico da Janga (T.E.) pode ser um grande contribuinte para a raça Mangalarga.

Em 2008 adquirimos Princesa ACF - uma filha de Critério, de andamento excepcional. Em 2009, Augusta VAT (T.E.) - uma filha de Critério x Luizinha J.O., e Menina da Braido l (T.E.) - outra filha de Fator, retornando ao nosso plantel de onde não deveria ter saído; e Botuporã OJC - uma filha de Universitário OJC. Já em 2010 continuamos a parceria com o Fernando Raucci e compramos em sociedade a égua Pamonha da Matta, uma excepcional reprodutora e multi campeã Funcional. Em junho de 2011 realizei um sonho antigo da minha família: compramos a fazenda Morro Verde em Santo Antônio de Posse (SP), ficando assim o Haras Braido mais perto da capital, em uma região nobre de grandes criadores da raça.

Em 2012 foi a vez de Jina da Piratininga (T.E.), que, em sua primeira exposição em nosso nome, se consagrou Reservada Grande Campeã Nacional Égua Pampa, em Franca. Depois da rápida adaptação à nova casa, no Haras Braido, conseguimos em 2012 grandes conquistas, entre elas: ser o "Melhor Criador de Andamento do ranking 2012" e o "Terceiro Melhor Criador da Raça do ranking 2012"; e, sem dúvida, o que mais contribuiu para esse feito foi REGALO DA BRAIDO (T.E.), conquistando o título de Reservado Grande Campeão Nacional Cavalo de Andamento; Reservado Grande Campeão Cavalo da Copa Janga de Andamento 2012; e ainda, no ranking 2012 ser o MELHOR CAVALO DE ANDAMENTO. Ainda com referência ao ranking 2012, nosso Grande Campeão Nacional "QUÂNTICO" se sagrou o melhor Reprodutor de Andamento e Segundo Reprodutor Geral da Raça. Sem dúvida nenhuma mostra que estamos andando no caminho certo, unindo beleza, andamento e função.

Não poderia deixar de ressaltar aqui que tenho como grande ajuda e incentivador meu filho Nelson Jr, um apaixonado da raça, que vem trabalhando e acompanhando meu trabalho de seleção e a evolução do cavalo Mangalarga.

Continuando nossa linha do tempo em 2013 foi sem dúvida o nosso melhor momento como criador e também como expositor da raça!

Conquistamos o Ranking de MELHOR CRIADOR E MELHOR EXPOSITOR do ano! Nossos resultados em pistas vieram coroar nossa equipe. HARAS BRAIDO entra na história da raça entre os melhores criadores da raça Mangalarga.

Nosso Grande Campeão Nacional Quântico se torna o MELHOR REPRODUTOR e MELHOR REPRODUTOR DE ANDAMENTO da raça. Um ano sem dúvida para ficar na História. Ainda em 2013 nossa matriz Pamonha da Matta fica em segundo lugar no Ranking Reprodutoras.

Agora em 2014 nosso garanhão Regalo da Braido conquista o título mais importante para um cavalo de sela, o GRANDE CAMPEONATO CAVALO DA COPA DE ANDAMENTO!

Regalo um filho de Vanerão do HIC com Matinada J.O uma linhagem excepcional, impar em andamento.

Na Nacional de 2014, Regalo continua avançando nas conquistas; se sagrou II RESERVADO GRANDE CAMPEÃO NACIONAL CAVALO GERAL E DE ANDAMENTO em Franca.

2015 repetiu a dose e conquistou II RESERVADO GRANDE CAMPEÃO CAVALO DE ANDAMENTO e I RESERVADO GRANDE CAMPEÃO NACIONAL GERAL em Londrina!

Pelos títulos conquistados Regalo da Braido se credenciou como um dos cavalos mais completo da atualidade, tendo premiações nos grandes campeonatos gerais e de andamento, conquistas para poucos na história da raça.

Ainda falando da Nacional de 2015 nossa barriga de ouro Porcelana da Braido - Topázio J.O. x Química da Janga (Fator da Braido), se consagra a MELHOR PROGENIE DE MÃE JOVEM E MISTA DA NACIONAL com os produtos Vereda, Zaragoza e Zaragata. Um título que estimamos muito e que estamos no caminho certo!

Chegamos em 2016 e fomos buscar um potro de um grande amigo e criador Claudio Mente da Fazenda Morro Agudo, um potro filho de Príncipe da Nata com Vivenda Sant Clair J.O, Gálico do Morro Agudo, aconselhado pelos nossos técnicos e amigos André e Silas Freire.

Gálico se consagra GRANDE CAMPEÃO NACIONAL POTRO em São João da Boa vista, um potro de muita linhagem de marcha e morfologia! Aonde idealizamos nossos cruzamentos com as netas do Quântico e com as filhas do Regalo é nosso sonho e realidade da nossa criação.

E ainda nesta Nacional nossa potra pampa Arábia da Braido (Quântico da Janga x Jina Da Piratininga), conquista o RESERVADO GRANDE CAMPEONATO POTRA PELAGEM PAMPA, outra grande alegria da nossa família.

Sem dúvida nenhuma o sucesso não vem do nada, tenho a minha família sempre comigo, um sonho de consumo! Minha esposa Claudia minha companheira de todos os momentos, minha principal incentivadora de animais de exceção! Minha filha Carol amante dos animais e Nelsinho Jr meu amigo de sempre e apaixonado pelo Mangalarga.

Agradeço a DEUS sempre e vamos à luta!!!